ENCANTADORAS E MARAVILHOSAS

Trufas de avelã e alfarroba
Ir já para a receita

Pequenos, doces e maravilhosos pedacinhos. São assim estas simples, mas absolutamente deliciosas trufas de avelã e alfarroba, que, até hoje, encantaram todos os que as provaram!

Em tempos anteriores à COVID-19, costumava apresentá-las nos jantares que adorava organizar para amigos e família. Fazia-o antes da sobremesa, funcionando como um “mimo da chef”. Uma para cada pessoa presente. O sucesso era tanto que tinha de ir buscar as restantes à cozinha eheheh.

No entanto, também adoro prepará-las como uma espécie de snack docinho que está sempre à mão. Quando apetece, é só passar pelo frasquinho e tirar uma, duas, três… ou quatro! :)

Para além disto, são perfeitas para oferecer! Elegantes, amorosas, docinhas e caseiras. De preparação fácil, bastam uns minutos e uns frasquinhos de vidro (reutilizados) para ficarem com um presente único que fará o maior sucesso. Assim, com o Natal a chegar, é esta a minha sugestão de presente para as pessoas de quem mais gostam <3

Trufas de avelã e alfarroba 2
Trufas de avelã e alfarroba 3

As trufas de avelã e alfarroba são feitas com apenas três ingredientes (dois já revelados pelo nome): avelãs, alfarroba e tâmaras! As avelãs sob a forma de manteiga, a alfarroba em farinha (pó) e as tâmaras no seu estado natural (apenas sem caroço).

Para quem não tem manteiga de avelã à disposição, pode ver aqui a receita, feita apenas com as próprias avelãs! Uma delícia. Se for feita na hora, ainda tem a vantagem de poderem utilizar os restinhos de manteiga de avelã que acabam por ficar sempre no processador. Basta colocar todos os ingredientes para as trufas no processador, depois de retirarem a manteiga de avelã (sem limpar), e seguir a receita normalmente.

Para quem não possui tâmaras, uma boa (e económica) alternativa é a pasta de tâmaras, feita apenas com tâmaras descaroçadas, prensadas e trituradas até formarem uma espécie de pasta em bloco. Se quiserem ver a que me refiro, podem fazê-lo aqui (é esta a pasta de tâmaras que utilizo e que se encontra em supermercados e mercearias de produtos biológicos, como a Maçaroca Mercearia Viva e o IdealBio, no Porto).

Passemos à receita.

Ingredientes (para cerca de 20 trufas):

250g de tâmaras descaroçadas/pasta de tâmaras (à temperatura ambiente)
80g de manteiga de avelã (receita aqui)
20g de alfarroba em pó/farinha de alfarroba + qb para decorar

Procedimento:

1 – Num processador de alimentos, colocar as tâmaras (ou a pasta de tâmaras), a manteiga de avelã e os 20g de alfarroba e processar, durante alguns minutos, até formar uma massa homogénea. Se necessário, parar de vez em quando para retirar, com um salazar ou com uma espátula, o que fica nas laterais.

2 – Com a massa, formar bolinhas bem apertadas. Para ficarem mesmo perfeitinhas, formar todas as bolinhas e, de seguida, voltar a apertar cada uma individualmente.

3 – Antes de servir, passar as bolinhas por alfarroba em pó para uma bonita e saborosa camada exterior.

4 – Ser maravilhado/a ou maravilhar os outros!

Substituições:

 As tâmaras podem ser substituídas por figos secos.

A manteiga de avelã pode ser substituída por manteiga de amêndoa (trufas de amêndoa e alfarroba) ou manteiga de amendoim (trufas de amendoim e alfarroba).

A alfarroba em pó pode ser substituída por cacau (trufas de avelã e cacau) ou chocolate em pó (trufas de avelã e chocolate). Em ambos os casos, deve-se ir juntando o cacau/chocolate aos poucos e provando até a massa para as trufas estar com o gosto pretendido (a doçura da alfarroba e a do cacau/chocolate são bastante diferentes, logo, as quantidades destes últimos podem ser diferentes da quantidade de alfarroba indicada na receita).

Francisca

Deixa uma resposta:

O teu endereço de e-mail não vai ser publicado. Os campos de preenchimento obrigatório estão marcados com um *.